Make your own free website on Tripod.com

Os responsáveis pelo apogeu da filosofia no século IV a.C. foram Sócrates, Platão e Aristóteles.
 

Sócrates

 

Sócrates não deixou nenhuma obra escrita. Suas idéias são conhecidas principalmente graças as obras de Platão, seu discípulo. 
Era nas ruas e nas praças de Atenas que Sócrates divulgava seus ensinamentos. Fazia perguntas fingindo ignorar o assunto que pretendia discutir. Com isso obrigava as pessoas a procurar e encontrar dentro de si mesmas as respostas que não sabiam conhecer. 
Filho de um escultor e de uma parteira, Sócrates teria afirmado que, assim como sua mãe trazia à luz as crianças, ele  vazia o mesmo com as idéias. O governo ateniense o condenou à morte, depois de tê-lo acusado injustamente de corromper a juventude local. 

 
 

Platão

 

Platão tinha tanto respeito e admiração por seu mestre que dizia agradecer aos deuses "por ter nascido no século de Sócrates". 
Platão foi o principal discípulo de Sócrates, com quem viveu durante vinte anos. Suas obras, escritas sob a forma de diálogos sobreviveram integralmente. Entre elas, as mais importantes são Apologia de Sócrates, Crítias, Fedon, O Banquete, A República e Leis.
Depois da morte de Sócrates, Platão fez longas viagens, tendo visitado a Itália e o Egíto. Retornando a Atenas, fundou, em 387 a.C., uma escola de filosofia- a Academia-, que permaneceu em funcionamento durante quase mil anos e só foi fechada no século VI d.C. por ordem do imperador romano Justiniano.

 
 

Aristóteles

 

Aristóteles foi o maior discípulo de Platão. Nascido na Macedônia, fixou-se em Atenas quando tinha dezoito anois de idade. Mais tarde foi escolhido para ser mestre do então menino Alexandre Magno, em sua terra natal. Retornou a Atenas em 355 a.C. e fundou o Liceu, sua escola de filosofia. Foi o criador da zoologia: estudou 66 tipos de mamíferos, 170 espécies de aves e 169 de peixes.
Aristóteles estabeleceu também as bases da lógica, ciência que estuda os métodos e  processos que permitam distinguir os argumentos verdadeiros dos falsos, nos estudos da filosofia. Suas obras mais importantes são Ética e Nicômano, Política e Metafísica.
 
 

 
 
 

A escola de Atenas. Neste quadro de Rafael Sanzio, estão representados alguns dos maiores filósofos da Grécia Antiga; ao centro, Platão e Aristóteles.

 

Além da academia de Platão e do Liceu de Aristóteles, existiam em Atenas a escola Cínica, fundada por um discípulo de Sócrates chamado Antístenes. O maior representante dessa escola foi Diógenes, o Cínico, que procurou mostrar, com seu modo de ver, a inutilidade dos bens materiais.  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

    deuses - literatura - introdução